terça-feira, 29 de outubro de 2013

A Sensação de Estar com a Sangha

Qual a sensação de fazer um retiro com Thich Nhat Hanh? Vejam os sorrisos neste vídeo.


quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Manual para uma vida mais consciente

O novo livro de Thich Nhat Hanh publicado no Brasil é um verdadeiro manual para uma vida mais feliz, alegre, significativa, e sobretudo, consciente.
Práticas para cozinhar, antes das refeições, ao acordar, entre outras.
Para que possamos ter uma conduta mais tranquila, e mais significativa.
Vale muito a pena conhecer este belíssimo trabalho publicado pela editora Vozes.

Por Irmão Vitor em Agosto de 2013.


sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A Arte da Comunicação Novo Livro

Em seu mais novo livro, Thich Nhat Hanh nos ensina sobre uma arte de muita utilidade. A capacidade de nos comunicar bem não nos é ensinada de forma que a possamos fazer de maneira centrada, gentil e educada.
Um livro muito útil.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Thich Nhat Hanh, A Lua e o Buda


Mensagem para acalmarmos nossa mente e nos refrescarmos em tranquilidade.

Um Poema do Mestre Zen Thich Nhat Hanh.

A lua refrescante, linda lua está navegando pelo oceano do céu. 
O Buda é a lua cheia que atravessa o céu imenso. 
Se o rio é calmo, então a imagem da lua será refletida claramente no Rio.


Thich Nhat Hanh


quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Exposição de Caligrafias em Nova York

A arte da caligrafia Zen requer a sensibilidade de um praticante de meditação.
Com alegria, eu e Lili, tivemos o privilégio de desfrutarmos desta exposição em Plum Village, na França.
As caligrafias de Thay, além da profundidade da mensagem, trazem a continuidade de uma das maiores referências espirituais da humanidade, e sua dedicação para esta ancestral arte.
Entrada da exposição em Plum Village
Com alegria sabemos que esta mesma exibição vai a Nova York, de 07 de Setembro a 31 de Dezembro de 2013. Para que estiver por lá, uma oportunidade de profunda paz, em meio da agitação da Grande Maçã.

Por Irmão Vitor, em Agosto de 2013

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Os 4 Mantras do Amor por Thich Nhat Hanh

Este é um pequeno trecho da maravilhosa entrevista de Thich Nhat Hanh ao programa da famosa apresentadora norte-americana Oprah Winfrey.
Era nítida a expressão dela de emoção mediante a forte presença de Thich Nhat Hanh.
Mais abaixo, deixo o link para a entrevista, com legendas em espanhol.
Neste trecho aqui ressaltado, ele explica os 4 mantras do verdadeiro amor, resultado da realização da prática da plena consciência.
Vale a pena a leitura:


Nhat Hanh: Sim, a energia coletiva é muito útil. Eu gostaria de falar sobre os mantras que você acabou de mencionar. O primeiro é "Querida, eu estou aqui para você." Quando você ama alguém, o melhor que você pode oferecer é a sua presença. Como você pode amar, se você não está lá?

Oprah: Isso é um lindo mantra.

Nhat Hanh: Você olha em seus olhos e você diz: "Querida, você sabe? Eu estou aqui por você?". Você oferece-lhe a sua presença. Você não está preocupado com o passado ou o futuro, você está lá para seu ser amado. O segundo mantra é: "Querido, eu sei que você está aí e estou muito feliz." Porque você está totalmente lá, você reconhece a presença de sua amada como algo muito precioso. Você abraça sua amada com atenção. E ele ou ela irá florescer como uma flor. Para ser amado é preciso ser reconhecido como existente. E estes dois mantras podem trazer a felicidade de imediato, mesmo que seu amado não esteja lá, você pode usar seu telefone e praticar o mantra.

Oprah: ou E-mail.

Nhat Hanh: E-mail. Você não tem que praticá-lo em sânscrito ou tibetano, você pode praticar em Inglês.

Oprah: Querida, eu estou aqui para você.

Nhat Hanh: E eu estou muito feliz. O terceiro mantra é o que você pratica quando seu amado está sofrendo. "Querida, eu sei que você está sofrendo. É por isso que eu estou aqui para você." Antes de fazer alguma coisa para ajudar, a sua presença já pode trazer algum alívio.

Oprah: O reconhecimento do sofrimento ou da dor.

Nhat Hanh: sim. E o quarto mantra é um pouco mais difícil. É quando você sofre e você acredita que o seu sofrimento foi causado por seu amado. Se alguém tivesse feito o mesmo erro com você, você teria sofrido menos. Mas esta é a pessoa que você mais ama, então você sofre profundamente. Você prefere ir para o seu quarto e fecha a porta e sofre sozinho.

Oprah: Sim.

Nhat Hanh: Você está ferido. E você quer puni-lo  por ter feito você sofrer. O mantra para esta superação é o seguinte: "Querido, eu sofro.Eu estou tentando o meu melhor para praticar, por favor me ajude..." Você vai para ele, você vai para ela, e pratica isso. E se você pode dizer este mantra, você sofre menos de imediato. Porque você não tem mais esse obstáculo entre você e a outra pessoa.

Oprah: "Querida, eu sofro por favor me ajude.".

Texto de Irmão Vitor Caruso Jr.

sábado, 16 de março de 2013

Artistas, meditação e ação social

Este movimento busca coordenar os artistas, cientes de sua responsabilidade em comunicar, para contribuírem para um mundo mais consciente.

http://www.mindful-artists.org/index.html